sexta-feira, 6 de fevereiro de 2009

Os 22 Pontos dos ''Protocolos dos Sábios de Sião''



por W. Creutz

Este artigo se encontra no início do livro, pela edição da ed. Centauro.

1 – Corromper a mocidade pelo ensino subversivo.
2 – Destruir a vida de família.
3 – Dominar as pessoas pelos seus vícios.
4 – Envilecer as artes e prostituir a literatura.
5 – Minar o respeito pela religião, desacreditar tanto quanto possível os padres, espalhando contra eles histórias escandalosas.
6 – Propagar o luxo desenfreado, as modas fantásticas, eliminando a faculdade de gozar de coisas simples e sãs.
7 – Distrair a atenção das massas pelas diversões populares, divertir o povo para impedi-lo de pensar.
8 – Envenenar o espírito com teorias nefastas e enfraquecer os corpos pela inoculação do vírus de várias enfermidades.
9 – Criar o descontentamento universal e provocar ódio e desconfiança entre as classes sociais.
10 – Despojar a aristocracia das velhas tradições e de suas terras, gravando-as com impostos formidáveis de modo a forçá-la a contrair dívidas, substituir as pessoas de sangue nobre pelos homens de negócios e estabelecer por toda parte o culto do Bezerro de Ouro.
11 – Empeçonhar as relações entre patrões e operários.
12 – Desmoralizar as classes superiores por todos os meios e provocar o furor nas massas pela visão das torpezas estupidamente cometidas pelos ricos.
13 – Permitir à indústria que esgote a agricultura, transformando-a em especulação.
14 – Bater palmas a todas as utopias de maneira a meter o povo num labirinto de idéias impraticáveis.
15 – Aumentar os salários sem vantagem para o operário, pois o preço da vida será majorado.
16 – Fazer surgir incidentes que provoquem suspeitas internacionais, envenenar os antagonismos entre os povos, despertar ódios e multiplicar os armamentos ruinosos....
17 – Conceder o sufrágio universal, a fim de que os destinos das nações sejam confiados a gente sem educação.
18 – Derrubar as monarquias e estabelecer repúblicas, intrigar para que os cargos mais importantes sejam confiados a pessoas que tenham segredos que não se possam revelar a fim de poder domina-las pelo pavor do escândalo marca Panamá ou Baiona.
19 – Abolir gradualmente todas as formas de constituição.
20 – Organizar vastos monopólios, nos quais soçobrem todas as fortunas, quando soar a hora da crise política.
21 – Destruir toda estabilidade financeira, multiplicar as crises econômicas e preparar a bancarrota universal, parar as engrenagens da indústria, faze ir por água abaixo todos os valores, concentrar todo o ouro do mundo em certas mãos, deixar capitais enormes em absoluta estagnação, em um momento dado, suspender todos os créditos e provocar o pânico.
22 – Preparar a agonia dos Estados, esgotar a humanidade pelos sofrimentos, angústias e privações, porque a fome cria escravos.
Desmascarando o Sionismo através dos Protocolos

Prestes a completar 100 anos desde que foi trazido a luz, os Protocolos - que por suas evidencias - vem sendo rigorosamente posto em prática e, longe de se tratar de uma simples profecia ou, o que é mais inverossímil ainda, e um amontoado de disparates redigido por um obscuro agente de policia do tempo do Czar, trata-se ao que tudo indica, de um plano muito mais antigo do que o resumo das atas do Congresso Sionista de 1898.
Publicado pela primeira vez no Brasil em 1936 por iniciativa do Ilustríssimo historiador Gustavo Barroso, Os Protocolos dos Sábios de Sião tornou-se um dos livros mais raros de nossa história. Feito desaparecer, por obra da famosa "mão"mágica, ficou inacessível em nosso país por mais de 50 anos, inclusive retirado criminosamente de praticamente todas as bibliotecas nacionais, sendo finalmente reeditado em 1991 pela Revisão Editora, graças a coragem do editor e historiador Siegfried Ellwanger Castan.
Independente da autenticidade ou não dos chamados Protocolos - a realidade é que o plano vem sistematicamente sendo posto em prática através da TELEVISÃO, CINEMA, JORNAIS, REVISTAS, simpósios, conferências, currículos escolares, seitas diversas, etc..
Resolvi fazer um resumo do que prega tal plano de domínio judaico/sionista, para que todos assim possam compreender que terrível realidade estamos mergulhados, e que a partir daqui possamos então começar a desenvolver nossas ações para que tal plano não seja de todo colocado em prática (sim ,ainda há esperanças..)
I - NO PLANO POLÍTICO

-A política nada tem a ver com a moral.
-Na política só triunfa a força pura.
-A honestidade e sinceridade são um mau vício em política.
-Hipocrisia
e força são essenciais.
-Para alcançar uma posição é necessário muito dinheiro,que está em nossas mãos.
-Moisés impõe o dever de subjugar todas as nações.
-Através do poder do voto é como nos apoderamos do tronos.
-Sob nossos auspícios a plebe destruirá a aristocracia.
-Nossa imprensa promoverá e dominará os governos e os denunciaremos sem o mínimo escrúpulo para desacreditá-los,caso se rebelem contra nós.
-Se dará a paz ao mundo somente se acatarem nossas leis.
-Distrair o público com uma infinidade de espetáculos,eventos e fraseologia insensata que pareça progressiva ou liberal.
-Organização de infinitas instituições cujos meMbros demonstrarão NOSSA CONTRIBUIÇÃO AO PROGRESSO! (Premios Nobel).
II - NO PLANO RELIGIOSO

-Ataque a religião Cristã até apagar o conceito de Deus nas pessoas, transformando-as em meros animais consumistas.
-Destruição da fé e dos credos induzindo ao ateísmo.
-A inoculação de dissidências entre as religiões.
-Fomento do livre pensamento, o ceticismo, os cismas, as discussões religiosas, o desprezo as hierarquias eclesiásticas com a ridicularização de seus hábitos.

-Descrédito do clero frente aos fiéis, para diminuir sua influência, diminuindo seu prestígio.
-Infiltração do Vaticano para destruir o poder papal.
-Supressão dos estados cristãos e do ensino religioso nas escolas, inclusive a supressão do cruxifixo nas salas de aula.
-Crítica sistemática a igreja, sem atacá-la diretamente.
-INSTITUIÇÃO, ATRAVÉS DO CONCÍLIO VATICANO 2, DO DIÁLOGO INTER-RELIGIOSO QUE VISA O RECONHECIMENTO DOS JUDEUS COMO IRMÃOS MAIORES DO CRISTIANISMO.
III - NO PLANO MORAL

-O fim justifica os meios.
-Promover o que não seja necessário ou vantajoso em detrimento do bom e do moral.
-Não retroceder ante a corrupção,a mentira e a traição,se servem ao triunfo de nossa causa.
-Contra o inimigo não é imoral valer se de todos os meios para vence-lo. (Leia se nós, GOINS).
-O número de vítimas não é importante para atingirmos nossa causa.
-TEMOS UMA AMBIÇÃO DESMEDIDA, UMA COBIÇA DEVORADORA, UM IMPIEDOSO DESEJO DE VINGANÇA E ÓDIO ACUMULADO.
IV - NO PLANO HUMANO

-Possuimos todo o ouro do mundo.
-Todos os gentios (goins, ou não judeus) dependem de nós.
-Jamais permitiremos aos gentios participar de nosso poder.
-O proletariado não receberá mais do que migalhas como recompensa ao voto que dá aos nossos agentes.
-O direito reside na força.
-TODOS TEMOS DE MORRER. É PREFERÍVEL ANTECIPAR A MORTE DAQUELES QUE ATRAPALHAM NOSSA CAUSA.

V - NO PLANO HISTÓRICO

-O judeu e Jeová são o mesmo e único ser. O Hebreu é o Deus vivo ENCARNADO. Os outros homens só existem para nos servir, são pequenos animais.
-Somos o povo eleito de Deus, somos invulneráveis.
-Promoção da miscigenação dos povos, promovendo a perda de suas características raciais, históricas e psicológicas.
-Manutençao da unidade histórica, racial, psicológica, ideológica e religiosa do povo judeu, como forma de poder e de domínio sobre as demais nações POR ELE DEGENERADAS.

VI - NO PLANO DA LIBERDADE

-A liberdade é o direito de de fazer o que a lei permite. E a lei só permitirá o que nos interessa.
-O significado abstrato da palavra "liberdade"nos permitirá convencer as turbas de que o governo representa a nação.
AS PROFECIAS ANUNCIADAS

Existe uma maneira infalível de anunciar uma profecia e garantir a sua realização: Programando-as estas previsões para que efetivamente se realizem.
Quais as profecias anunciadas nos Protocolos e que se realizaram ao longo do tempo? A título enunciativo e sem intenção de esgotar os vaticínios podemos enumerar os seguintes:

-A Primeira e a Segunda Guerra Mundial.
-O desaparecimento das casas Reais e a eliminação da nobreza no ser humano.
-A implantação do comunismo primeiro na Rússia e depois na metade da humanidade.
-As guerras econômicas.
-A instabilidade das constituições.
-Os linchamentos legais e políticos.
-A tendência de um governo Mundial (ONU).
-O surgimento do Japão e da China como potências de primeira grandeza.
-A valorização de governantes INEPTOS. (Vide o Brasil...)
-A instalação do terrorismo na vida diária dos povos.
-A compatibilidade e hostilidade entre governantes e governados.
-O sufrágio Universal.
-A corrupção da chamada classe política. (VIDE O BRASIL!DE NOVO.)
-O controle da medicina pelo estado.
-O antagonismo entre regionalismo e centralismo.
-As trocas frequentes de governos na Europa.
-A criação de uma política internacional dirigida.
-A falsificação da história.
-A corrupção jurídica.
-A proliferação dos crimes hediondos.
-Os julgamentos políticos.
-O desprestígio pessoal dos líderes políticos.
-A generalização das folgas trabalhistas.
-A crise financeira de 1929.
-A luta de classes.
-A consagração da nova ciência econômica.
-A prepotência dos trustes e cartéis.
-A especulação agrária.
-A corrida armamentista.
-A submissão dos ricos AOS INTERESSES SIONISTAS.
-O aumento progressivo da burocracia estatal.
-A progressiva desvalorização das moedas nacionais e preponderãncia do dólar como moeda internacional.
-O desaparecimento progressivo do papel moeda, substituido por cheques e cartões.
-A manutenção da padrão ouro.
-O imposto progressivo sobre as heranças.
-O surgimento desenfreado de sociedades anônimas.
-O auge do alcoolismo, da delinquência juvenil,a agora até infantil,e a educação sexual preparando a juventudde PARA A PROMISCUIDADE.
-O imenso e avassalador crescimento do poder dos meios de comunicação.

-A supressão da pena de morte.
-O desarmamento físico e moral.
-A manipulação da opinião pública.
-O controle judaico-sionista sobre o mundo dos espetáculos.
-O ANTI-SEMITISMO PROGRAMADO PELOS PRÓPRIOS JUDEUS.
-A corrupção da juventude.
-A PROGRESSIVA ELIMINAÇÃO DA FAMILIA.
-A legalização do homossexualismo e demais aberrações sexuais.
-O controle estatal da educação.
-O aumento da prostituição.
-As associações de imprensa e a diplomação dos formadores de opinião.
-A legalização do segredo profissional para os jornalistas.
-O auge dos jogos de azar, inclusive estatais.
-A explosão do "esporte profissional"
-A moda do Darwinismo,inclusive aprovada pelo Vaticano.
-A literatura e todas as artes chamadas modernas.
-AS LEIS ANTI DIFAMATÓRIAS PARA PENALIZAR A LIBERDADE DE EXPRESSÃO (Vide o que aconteceu com o S. E. Castan)
-As leis cada vez mais restritivas contra a manifestação de opinião não consentida.
O RESULTADO DE SEU MAGISTRAL PLANO ENUNCIADO É:

1º-CORROMPER A MOCIDADE PELO ENSINO SUBVERSIVO;
2º-DESTRUIR VIDA DE FAMÍLIA;
3º-DOMINAR AS PESSOAS PELOS SEUS VÍCIOS;
4º-ENVILECER AS ARTES E PROSTITUIR A LITERATURA;
5º-PREPARAR AS AGONIAS DOS ESTADOS, ESGOTAR A HUMANIDADE PELOS SOFRIMENTOS, ANGÚSTIAS E PRIVAÇÕES PORQUE A FOME CRIA ESCRAVOS!!

Eis o plano!
Agora lhes pergunto: Há um único item no plano que ainda não tenha sido cumprido? Seu grande êxito é o segredo. É por isso que o sionismo fez de tudo para que os povos não chegassem ao seu conhecimento.
Créditos: http://www.orkut.com.br/CommMsgs.aspx?cmm=37636348&tid=5215533410652355448
Minha resposta:

me parece uma boa ficção

mas meu ceticismo sempre foi duvidoso de si mesmo, e caso tudo seja a mais pura verdade, é sempre bom salientar que a realidade nunca é uma só...
me passa pela cabeça nesse momento o fato de que muito do que se vive se faz para um determinado fim que pode ser previsto pelos próprios que consumam sua jornada em direção a esse fim...

o que já foi feito de todos os pressupostos apresentados? praticamente todos, e muitos ainda estão em ação...

o que fazer para se evitar exatamente que o desfecho seja mais cruel do que possamos imaginar?
apenas fazer aquilo que fazemos todos os dias, viver

se nós estamos aqui reunidos nessa comunidade virtual não é porque existe algum desígnio especial para nós. Cá estamos porque somos pessoas que sabem ler e interpretar, que sabem olhar para o mundo e o percebemos de várias maneiras que muitas pessoas "normais" não percebem.

pode parecer um discurso bobo, mas nós somos a parte que faz a diferença, e não estamos sós....há muitos como cada de nós por aí pelo mundo afora, fazendo a diferença

mas também somos a balança....
sinceramente, não acredito muito que algo como esse "projeto sionista" venha a vencer no final....nem consigo visualizar um fim....crer num fim é ser determinista demais...espero apenas para poder ver os meus resultados....
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Um comentário:

  1. Eu adoro uma conspiração! Ainda mais se encontro algo de plausível nela - como é o caso desta.

    Ainda que não creia num final - como vc mesmo disse - é interessante saber!

    ;D

    ResponderExcluir