quarta-feira, 18 de março de 2009

Inconsistência

Meu mundo parece ter sido roubado de mim, falta algo sob meus pés, falta algo em minha visão. Meus sonhos desvaneceram-se em fluidas gotas de esquecimento, os mesmos sonhos que embalaram minhas noites douradas de adolescência. E vem o tempo e a falta do mesmo para me provar o quão irrealizáveis eram meus propósitos...
Um mundo insano e desbotado se contrapõe a um mundo alegre e colorido e que tudo me oferece. Novas possibilidades emergem da própria natureza do amalgama de meus pensamentos pretéritos fundidos numa confusa massa de ocasiões oníricas em que ouso flutuar...
Deito meu corpo ao chão para sentir alguma energia perdida, espero por alguma lágrima que possa visitar minha face, mas ela não vem. Em vão, olho para as fotos antigas, para as fotos recentes, tentando encontrar algum sentido qualquer. Ouço velhas músicas que me fazem viajar, ouço novas músicas que me fazem desejar. Meus livros imploram meu olhar, mas os deixo em detrimento das formas digitais que hoje que oferecem um novo enigma a cada byte, a cada mega...
Não me encontro mais...
Não mais eu...
Sem eu...
Eu...
Eu estou sempre no mesmo ponto, um ponto negro numa planície horizontalmente imensa e branca. Perco-me em sua vastidão. A imensidão em branco sou eu, mas não consigo expor-lhes novos tons de cores novas e velhas, já desgastadas. Mergulho nesse branco, invólucro de maldade e sentimentos de raiva e tristeza.
Me permito um minuto de contemplação do passado, tao distante me parece, tao ignóbil, tao necessário e tao malvado comigo. E lá no fim vejo um rosto sorridente, mas que de mim se ri. Me aponta seu dedo com malevolência e me dirige injúrias e verdades amparadas por amargas mentiras. Eu vejo um arrependimento escorregar por seus lábios e seu sorriso desaparece em nuvens purpúreas de lágrimas envergonhadas que se dissolvem na superfície incolor...
Caminho no horizonte íntimo de mim mesmo e meus dedos tocam o espelho que reflete meu pesar, um espelho enigmático, um espelho que oferece respostas mal intencionadas e mal amadas, respostas cruéis, vis, mas respostas reais. O espelho sou eu. Eu o quebro, o faço em mil pedaços e tenho sob meus pés mil pedaços de mim, mil dedos apontando para mim, mil olhares, mil risos, mil pesares...
Tento me afastar, mas como afastar-se de si mesmo? Como embrenhar-se na imensidão opaca dos sonhos já falecidos? Como inserir numa mente descarregada a necessidade de sonhar?
Sonhos? Sonhar, com o quê? Nesse mundo intransigente, nesse mundo que te faz querer ser o que não se pode, um mundo insensato que te transforma em escravo dos desejos que não se precisa desejar...
Meu mundo parece apagar-se, como uma borracha sobre o desenho a lápis feito pela criança que tão somente almeja representar o que a pode fazer feliz num pedaço de papel qualquer...
Não eu, somente eu...
A imensidão me provoca, eu quero sonhar novamente...
A imensidão me provoca, eu vou enfrentá-la...

10/03/09 Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Mais uma viagem de 2008

A melhor fase da vida é aquela das descobertas!!!

Não aquela fase adolescente onde tudo é bobeira e se torna sério demais rapidamente,

Não porque não percebemos o quanto envelhecemos,

Nem porque não “perdemos” tempo para notar isso....

A melhor fase da vida é aquela das descobertas,

Quando descobrimos por nós mesmos o porquê nossos pais agiam de seu jeito,

Quando descobrimos o porquê nossos pais nos falavam daquele jeito,

E nessa fase descobrimos que mudamos pouco em relação aos nossos pais,

Descobrimos que podemos ser nossos próprios pais,

Descobrimos que eles estavam errados e certos ao mesmo tempo,

Então nos vemos como bobos pesando nossas palavras com valores

E de quem são esses valores?

Nossos mesmo?

Sempre estiveram conosco....

Só envelhecendo para descobrir...

Como pensavam nosso avós, nosso tios...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sem razões para raciocinar



Servimos de vítimas às promoções, mas forçamos o próprio fisgar. Pobres de espírito, pobres sem espírito, pobres olhos famintos almejando cada migalha sobrepujada por distantes sonhos de fortuna oriundos de “nobres” senhores gordos e suas damas e donzelas perolizadas.

Mas não somos vítimas apenas de promoções. Somos as vítimas da tecnologia comodista, mas adoramos ser preguiçosos. Logo, nos questionamos, o porquê aderimos a uma moda, porque gostamos de uma coisa ou de outra. Contudo, nem sempre nos damos o direito de pensar nos ‘porquês’de nossa vida.

É só olhar ao nosso redor. Quantas pessoas são exatamente iguais? E por qual motivo não conseguem ser diferentes? Digo, diferentes da massa, da maioria. Percebemos que agimos movidos por forças externas e internas que nos impulsionam a ser muitas vezes apenas mais um zumbi esfomeado e sem distinção alguma.

É a velha história de quem, para aparecer na multidão, acaba fazendo exatamente o que os outros fazem. Ou seja, aquela pessoa que tem o mérito de ser diferente acaba por tornar-se igual as outras por não entender e aceitar a sua benéfica situação.

Parece um fardo extremamente pesado pedir para algum desocupado “incultural” dessa massa uma tentativa de explicação do porquê, e não “o quê”, ser o que é. Para a grande maioria não há razões para raciocinar, apenas continuar sendo sem se preocupar com a embalagem vazia em que se envolve...

Wagner Fonseca – 24/ 08/ 07
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sem título

Por que compará-la a beleza das flores,
Se esta mesma beleza é efêmera?
Por que compará-la a beleza de uma tela,
Se a mesma é criticada?

Por que compará-la a uma obra de arte,
Se a mesma pode ser roubada?
Se a mesma pode ser trancafiada?
Se a mesma pode ser rotulada?
Se a mesma pode ser mal lembrada?
Ou até esquecida...

Então não te comparo a coisa alguma;
Pois sua beleza é passível de admiração,
É passível de paixão,
E num êxtase insano, até louvor!

Que trazes em teu olhar?
Que escondes nesses belos olhos?
Que significa,
Que simboliza teu sorriso?

Por que compará-la em prosa e verso,
Quando o correto é apenas admira-la?
Mas se nestas linhas me pedes algo,
Algo para equipará-la,
Ofereço-te um espelho,
Que vazio é nada...

Porém, o teu reflexo é tudo o que posso dar,
Única forma de tua beleza comparar!

Não há outra igual
Igual nunca há.
Nem precisa haver...

Cada beleza, agora sim,
É como o sopro da primavera,
Logo, menina-moça, menina-mulher,
Que queres que eu te diga,
Se não consigo falar?

Admirar me basta,
Não sei te pintar em cores,
Nem te ofereço presentes e flores,
Todavia, te eternizo nessas palavras.

São poucas e sem amarras
Que seja o que valha

Por que compará-la a sombra dos amores?
Por quê? Por que indagar?
Menina-moça, Menina-mulher,
Guardo teu sorriso,
Ilumina-me teu olhar,
Em teu corpo esguio repousa o que és:
Menina, moça, linda e bela mulher...
07/05/07 Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Canto a mulher desconhecida

De riso em face oculta a qual não posso ver,
E nem sentir o leve brilhar de teus olhos
Lembro apenas das poucas palavras que dissestes
Enclausurado no recanto de meus sonhos

Ouço um leve sibilar no vento, me trazendo
Me fazendo alcançar um momento esquecido
Despertando-me um acenar involuntário
Quando a vejo cruzar meu céu onírico

Apenas te deixo esse pequeno recado,
Palavras escritas na pressa de não te esquecer
Só quero lembrar do íntimo de meus desejos
No ensejo de em braços poder te tocar

2008 Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Dois copos de vinho

Não quero falar da dor que me corrói
Mas devo ouvir as doces frases da morte
A mágoa benfazeja em seu beneplácito
tateia na escuridão
Há uma dor apenas,
enclausurada no escopo enigmático de ser

Caminhando entre a luz inebriante do nada
encontro o pútrido sentimento da amor

Cousa louca, vida sem eira,
perdida à margem de precipício algum
Vermes riem, eu não choro,
porque meus olhos já vêem mais
Sou um espelho, uma janela-espelho,
Fitando meu ser e pedindo meu nada,
Amálgama de alguma coisa insensata
Meu céu, teu paraíso,
destruído e escondido,
Jamais procurado.

23 de julho Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Amor

deito teu corpo inerte sobre a
fria lápide
outros podres corpos nos observam
enquanto rasgo-te o resto
de roupas que te servem de ultimo abrigo
espalho os vermes de entre tuas pernas para lamber tua vagina
um odor forte, cheiro acre
espele e junto com tuas visceras
explode o esperma por sobre o teu cadaver Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Esquecidas palavras

Tenho saudades apenas,
Saudades de você
Um desejo apenas,
Desejo de te ver

Ouvir tua doce voz
Em sintonia com minha paixão
Singrar pelo mar de teu sorriso
E derreter-me ao teu olhar

Dizer-te as palavras que nunca disse
Abraçar-te como nunca pude
Acariciar teu corpo todo
Num beijo eloqüente e libidinoso

Ser quem eu sempre quis ser
Maravilhado e enlouquecido
Antes tivesse força e coragem
Continuar a viver e não ser esquecido.

Wagner Fonseca -11 de junho de 2006 Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Algumas palavras

Sonhos nos fazem mal, nos fazem acreditar
Acreditar que realmente podemos fazer algo
Sonhos são invenções, nada além disso
Não quero mais sonhar, qualquer coisa me satisfaz...
18/03/2008



Caminhamos procurando um sentido,
Num mundo insensato,
O vazio espaço entre o momento
De dois silêncios nos dá significados
E relacionamos esses símbolos
Com nossos anseios
Esperamos, e estamos estupefatos.
Não queremos o fim, e mesmo assim,
Temos força para sorrir!
Pisamos em nossa dor e erguemos nossos barcos
Vamos lutar, esse é nossa vitória!
02/04/2008 Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Quem sou eu

"Sou esquisito por natureza
ser pálido e opaco,
invejável sem motivo,
motivo para inveja não há...
Apócrifo ninho de imbecilidades,
escondido num espelho emoldurado
pelas mais vâs necessidades...
Não, não tão importante,
menos complicado...
vívido, mas gelado,
gélido e desmistificado..." Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Antonin Artaud

"E o que é um autêntico louco? É um homem que preferiu ficar louco, no sentido socialmente aceito, em vez de trair uma determinada idéia superior de honra humana. Assim, a sociedade mandou estrangular nos seus manicômios todos aqueles dos quais queria desembaraçar-se ou defender-se porque se recusavam a ser seus cumplíces em alguma sujeiras. Pois o louco é o homem que a sociedade não quer ouvir e que é impedido de enunciar certas verdades intoleráveis". Antonin Artaud

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Paranóia


Ela se apossou de meu ser. Um indigesto amalgama de dor e tristeza, algo que não pedi. Uma insana desculpa para poder em envolver em nenhum trauma que procuro mas nunca encontro.

As noites tornaram-se longas, clareadas por idéias que povoam minha mente sem me pedir permissão alguma. Idéias insensatas e cruéis. Idéias laboriosas e cheias de malicia. Idéias endividadas com minha realidade. Seria o sopro da liberdade se esvaindo de mim?

Não procuro respostas, procuro saídas. Não quero nuvens, quero paisagens. Não quero apenas beber, quero me embriagar.

Estranho, tudo estranho....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 2 de março de 2009

Heróis e suas religiões

Em minha viagens pela internet sempre encontro coisas estranhas e interessante...



eis a mais novas safra...:


Liga de heróis/deuses olímpicos
Legião de heroínas wicca
Legião voo-doo
Liga vegetariana

Liga taoísta
Legião sumeriana
Liga sikh
Legião de superheróis xintoístas
Liga cientologistas
Legião quaker
Liga presbiteriana
Liga de superheróis polinésios
Liga dos objetivistas
Legião nórdica de superheróis
Liga nova era de superheróis
Legião de superheróis muçulmanos
Legião metodista de superheróis
Liga maia-inca de superheróis
Legião de superheróis luteranos
LDS???
Liga judaica de superheróis
Liga dos judeus católicos
Legião dos inuits
Legião de superheróis hippie
Legião de superheróis hindu
Liga dos ciganos romanos
Legião de heroínas adoradoras da deusa
Legião feminista
Liga evangélica
Liga episcopaliana
Liga dos ambientalista e direitos dos animais
Legião de superheróis de fé egípcia
Liga de assassinos ortodoxos orientais
Legião de superheróis Druídas
Legião de superheróis discipúlos de Cristo
Legião de superheróis Igreja Comunidade
Legião de superheróis católicos
Legião de superheróis bushido
Legião de superheróis budistas
Legiãode superheróis batistas
Legião de superheróis fé Ba'Hai
Legião de superheróis astecas
Legião de superheróis ateus
Legião de superheróis "Angel" Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...