segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Queimei meus posters...

Esse era meu quarto há 12 anos, no ano 2000.


A adolescência passou por mim e tivemos uma conversa. Durante meia hora fiquei olhando para meus postêres na parede do meu escritório, que é como chamo o meu quarto montado para meu bel-prazer. Como estamos finalizando a casa convém retirá-los para a pintura. Doe muito vê-los naquele estado deploravel: velhos, sujos, esmaecidos. A dificuldade em retirar grampos, percevejos, fitas sem rasgá-los era muita. 

E a adolescência passou por mim. Essa musa insandecida e muitas vezes irresponsável. Alguns postêres eram de 1995. Salvei um ou dois apenas... O restante foram rasgados: Cobain, Cavalera, Osbourne, Arnold, Lee, tanto deles, viraram cinzas na churrasqueira recém construída.

E porque o fiz? Não sei. É  única resposta que posso dar. Guardei o primeiro poster que comprei na minha vida, um do METALLICA. Vai completar dezessete anos. Podia guardar a todos novamente, ams reoslvi queimá-los, como se fosse um ritual de purificação mesmo. Hora de ser adulto? Não sei ainda. Tem muita energia queimando aqui dentro e recordo das palavras da professora Janete no meu segundo grau: "Rapaz, tu tens uma aura tão forte e positiva, tanta energia! Tens que gastá-la com algo bom!"

Gastei muito já, mas sei que posso gastar mais! Tô aqui. Vivo ainda. E no lugar dos velhos postêres espero que possam ficar as assinaturas dos amigos que, espero, venham me visitar!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Nenhum comentário:

Postar um comentário